Guia da Cirurgia Plástica | Cplástica Brasília
X

Cirurgia Plástica

Outros

Outros

Cuidados começam antes mesmo da primeira consulta e reforçam a importância da atenção com o paciente no antes, durante e pós-operatório

O anseio de muitos homens e mulheres em ter a beleza desejada, ou fazer uma pequena correção cirúrgica, é algo comum. Hoje, no Brasil, as cirurgias plásticas mais procuradas e realizadas são as de mamoplastia, em que é feito o implante de silicone, e a lipoaspiração, que é a retirada do excesso de gordura localizada em determinada área do corpo.

Junto com essa alta procura por cirurgias plásticas também vêm alguns casos de intercorrências ou complicações, que por muitas vezes são alterações pré-cirurgia, problemas intra-operatórios ou cuidados de pós-operatório e outras questões de cicatrização. Toda cirurgia tem seus riscos e o corpo humano não responde como uma ciência exata, mas fica o alerta de que os riscos podem e devem ser reduzidos ao máximo durante a programação de uma cirurgia. Para isso, tanto o médico como o paciente devem estar focados em buscar ao máximo uma cirurgia com segurança.

Para os cirurgiões plásticos Cristian Haesbaert e Raquel Camelo, é comum atender pacientes que tiveram algum tipo de complicação ou intercorrência em cirurgia plástica e as principais queixas nesses casos são relacionadas à falta de orientação pré-cirúrgica. "Vemos a falta de orientações antes da cirurgia, da programação do paciente, da pesquisa detalhada. Muitos pacientes só se preocupam em operar e não focam em aprender como será o pós-operatório", comentam.

O planejamento, tanto do médico responsável pela operação, quanto do paciente que irá se submeter à cirurgia, é um fator primordial para o sucesso do procedimento.

"Busque profissionais de confiança e se dedique a fazer uma excelente cirurgia e aproveitar das grandes transformações que pode trazer", aponta o cirurgião plástico Cristian Haesbaert (foto: Arquivo Pessoal)

"Falta planejamento do médico e do paciente. Planejamento significa avaliação de riscos, preparação para cirurgia no momento adequado do corpo e cuidado de pós-operatório. A segurança de uma cirurgia deve ser buscada por médico e paciente sempre. Alguns exemplos podem ajudar a refletir sobre isso. Se um médico reduz itens de segurança, isso aumenta a chance de complicações, e o mesmo serve para um paciente que esconde que está fumando ou não tem tempo de fazer o repouso necessário. Muitas vezes, observamos na internet as pessoas buscando cirurgia plástica a qualquer custo, em qualquer lugar e de qualquer forma. Alertamos não brincar com a saúde. Cirurgia plástica é uma cirurgia e deve ser realizada com toda segurança. Busque profissionais de confiança e se dedique a fazer uma excelente cirurgia e aproveitar das grandes transformações que pode trazer", aponta Cristian.

Vários fatores ajudam a fazer com que ocorra tudo bem durante a cirurgia e, principalmente, no pós-operatório, como fatores psicológicos, corporais e nutricionais do paciente. "Primeiro, é estar com a saúde adequada para ir para um cirurgia, principalmente psicologicamente e corporal, assim como manter um estilo de vida adequado e a saúde nutricional em dia", finalizam os especialistas.

Fonte: https://www.em.com.br/app/noticia/saude-e-bem-viver/2023/05/30/interna_bem_viver,1500596/amp.html

Site: Estado de Minas